Como é viver em Manaus: “O que se espera de uma cidade?”

Quando não estou em Manaus, passarinhando por algum canto, conto que moro pelas bandas do Amazonas e viro atração. Ainda hoje, quase há dois anos morando na capital do Norte, terra da Zona Franca, vivencio “interrogatórios” de curiosos – desconhecidos e conhecidos – que querem saber um pouco mais sobre como é a vida aqui. Às vezes me percebo contando o que já contei no blog, o que já contei outras vezes para outras pessoas e o que ainda não contei por serem novas percepções. Elogios? Críticas? Adoro contar, como bem sabem. Mas sei que sempre que conto é um pouco da minha visão que está sendo espalhada por esse Brasil e me vejo cuidadosa sobre a impressão que causarei.


Manaus me encanta e desencanta em tantas coisas que me vejo diante de um discurso que mescla minha paixão por essa cidade do sol e minha indignação sobre o que vejo nas ruas e na vida de muitos que me cercam. Motoristas imprudentes. Ruas sem sinalização. Opções de belíssimos passeios em meio à natureza. Necessidade de ar condicionado para dormir e para trabalhar. Alto custo de vida. Experiência de viver em contato com outras culturas. Desafio de estar longe da família. Muitas pessoas vivendo em péssimas condições de vida, e muitas delas fazendo longas jornadas como vendedores de sinal ou guardadores de carro. Prazer de contribuir na construção de um Estado em que está tudo por construir. As maravilhas do sistema de educação a distância que é adotado pelo governo e desenvolvido no Estado. As dificuldades de conseguir variedade de frutas. A beleza do pôr do sol no Rio Negro. O prazer de consumir peixes frescos de riquíssimo sabor. A novidade de provar novos sabores. Manaus de muitas nuances, de muitas caras. Amo Manaus e a curiosidade que ela provoca. De uma cidade espero o novo, a surpresa, o desafio, a variedade de experiências, o acolhimento, o aprendizado.  De Manaus recebo tudo isso. Enquanto for assim, é a Manaus que quero viver.

2 comentários em “Como é viver em Manaus: “O que se espera de uma cidade?”

  1. Minha querida Paula, quando vejo você escrevendo tantas maravilhas de Manaus, fica a pensar sobre a saudade que sentimos. Dá para entender e compreender a sua ausência em nossas vidas. Que beleza ver voce adotando esta cidade como sua! Desafios fazem a gente crescer mais e mais. Admiração e amor é o que sentimos sempre por você. Ficamos torcendo para que tudo dê certo aí. Sua fã sempre, mamãe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: