Como é viver no Amazonas: “As linhas do Amazonas por Tenório Telles”

Quando terminei de escrever meu livro “Para sempre um novo EU” eu ainda não tinha a menor noção de como poderia fazer para transformá-lo em um livro de verdade. Publicar um livro sempre me pareceu algo bem misterioso e mesmo com as todas as pesquisas no Google e com os amigos, eu não conseguia compreender plenamente o processo.

Num desses momentos de iluminação pensei que a Editora Valer, bem forte no Amazonas, pudesse me instruir ao vivo e a cores sobre como seria possível transformar minhas linhas em um livro na minha estante.

Fui até a editora e me explicaram que havia uma nova pessoa responsável pela edição dos livros e em 15 dias ela começaria a receber os manuscritos.

– Até então era o professor Tenório quem cuidava desses recebimentos, agora é uma outra professora.

tenorio

Voltei para casa com muita esperança, completamente empolgada. Depois de 15 dias exatamente, lá estava eu com minhas páginas impressas na mão dentro de um saco plástico esperando para ser atendida. Eis que o professor Tenório Telles, que até então eu não conhecia pessoalmente, entrou na sala, sentou-se ao meu lado e começou a me perguntar sobre meus escritos.

– Então você fez uma viagem ao Monte Roraima?

– Sim, fui ao Monte Roraima e foi maravilhoso, muito transformador.

Ele me olhava em silêncio e seus olhos diziam “fale um pouco mais”, esses olhares acolhedores e sem pressa que raramente vemos por aí. Posso até dizer que sua voz saia muito mais pelo olhar que pela boca. Contei alguns ensinamentos dos caminhos do Roraima.

– Eu  não estou mais cuidando pessoalmente da avaliação dos manuscritos, mas deixe seu livro comigo e daqui a uma semana venha para que eu possa te dar um retorno.

Uma semana depois eu estava mesa dele entre suas pilhas de papéis esperando para ouvir seu diagnóstico. Fui com o coração aberto para receber qualquer comentário sobre o meu livro.

– Paula…!

– Oi, Tenório…!

– Veja, minha filha, você é uma escritora completa, seu livro tem muito a ensinar às pessoas sobre como a vida pode ser mais simples, mais desapegada…

Ele falava sobre cada parte do livro, sobre cada uma das histórias que narrei e enquanto ele analisava meus escritos eu me enchia de alegria acreditando que realmente aquele era o meu caminho.

– Vamos publicar seu livro, Paula.

Sorri para ele, sorri para mim mesma. E hoje sei que uma preciosidade que o Amazonas reservou para mim foi o encontro com o Tenório. Se em nosso primeiro encontro tive a impressão de que suas palavras vinham de seus olhos muito mais que de sua boca, hoje, depois de me tornar uma leitora e amiga, sei que seus olhos irradiam o que vem de um coração cheio de amor e esperança de que o mundo pode ser melhor.

No dia 25 de julho, dia do escritor, Tenório lançou em Manaus seu novo livro “Renovação”. O SESC estava cheio naquela noite de quinta. Foi meu presente de dia do escritor para mim mesma. Dentre todos os ensinamentos que recebi na noite, minha certeza de que a vida não se faz quando nascemos ou quando morremos, e sim durante o caminho; certeza de que a viagem não se faz no ponto de partida ou de chegada, mas durante a longa jornada de um ponto a outro.

Tenório é meu anjo torto que me diz “Vai, Paula! ser gauche na vida”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: